31 de maio de 2012

22a. das 52 semanas de bibliofilia!

Na segunda, fui estender a roupa e quando eu voltei... uma pista Hot Wheels feita com livros na minha sala! Ficou bonita e meus amores se divertiram muito! Livro não serve só pra ler não!

Pista de corrida para carrinhos curiosos!

Ó no vídeo, o pai quase mais empolgado que o filho!
---


Esse é um plano de postagem da Pri, do Devaneios e Metamorfoses. Estou seguindo outro plano dela para 2012, o 52 X 5 momentos para compartilhar. A proposta aqui é "postar uma imagem por semana da relação que você estabelece com os livros e o modo como eles aparecem no seu cotidiano".

Outras fotos do meme 52 semanas aqui.



Mais meme literário:

Meme literário de um mês do Happy Batatinha

Blogs de quinta sobre livros:

Livrada! do Yuri

Top 10 sharístico:

Romances
Literatura infantil

Mais literatura:

A melhor HQ de 1980
Desafio Literário 2012
Livros para ler em 2012

30 de maio de 2012

O preço do livro infantil no Brasil - parte 1

Pequena Delírio e Barnabás,
Jill Thompson
Livros infantis podem ser muito bonitos e divertidos, podem ser obras de arte acessíveis. Aqui no Brasil são um dos espaços para artistas mostrarem o que sabem fazer de mais especial. Eu sou fascinada por esses livros livres, coloridos, arrasadores, desconcertantes. E caros. Infelizmente, os melhores livros infantis, de qualquer lista, são caros. Novos, custam sempre mais de R$ 25,00. Não é difícil encontrar livro infantil em sebo, mas tem que olhar, apalpar, verificar o número de páginas, não é? Afinal, o dono anterior era uma criança, e crianças... bem, crianças bagunçam.

Então estou investigando os preços de livros infantis na internet e aqui em Pato Branco. Pra começar, peguei os preços dos meus 10 livros infantis favoritos, e... hum. A soma dos oito livros que estão sendo publicados é R$ 180,00, média de 22,50 por livro. Na maioria dos casos eu achei os preços justos. Tem alguns bem em conta.

O preço do meu top 10:

1. The Gashlycrumb Tinies, Edward Gorey - R$ 29,00 na Cultura (eu paguei mais barato, R$ 24,00, se não me engano)

2. A Bolsa Amarela, Lygia Bojunga Nunes - a partir de R$ 17,00

3. O Livro da Selva, Rudyard Kipling - a partir de R$ 9,00. Mas a edição que eu gosto, completa inclusive com os contos fora da história do Mowgli, custa R$ 30,00 e não tem figurinhas. Em inglês, com ilustrações, grátis, aqui.
Saia daqui, Shere Khan, a rã é nossa!

4. As coisas, Arnaldo Antunes - entre R$ 28,00 e 35,00 e tem prévia no google livros.

5. O livro secreto dos Gnomos, Rien Poorvliet e Wil Huygen - só em sebos, por R$ 75,00, com manchas de umidade...

6. A arca de Noé, Vinícius de Morais - tem duas edições, uma com ilustrações da Laurabeatriz a partir de R$ 17,00 e outra do Nelson Cruz, capa dura, a partir de R$ 39,00. Não vi nenhuma "ao vivo" pra poder escolher, é coisa de ter na mão, né não?

7. Viagens de Gulliver, Jonattan Swift - tem que ser a edição completa, concordam? A partir de R$ 16,00, mas sem figurinha. Em inglês, grátis, no Projeto Gutemberg.

Gulliver "Staying alive"!

8. Flicts, Ziraldo - a partir de R$ 21,00.

9. Os pequenos perpétuos, Jill Thompson - super ultra mega esgotado. A última vez que vi em sebo, tava R$ 75, acho. Mas tem em pdf por aí, pessoal, é só procurar.

10. Barco Branco em Mar Azul, Werner Zotz - a partir de R$ 22,00

Barco branco em mar azul, ilustração Alê Abreu


Concluindo

Tem livro legal por preço bom, mas a maioria custa mais de R$ 20,00, sem contar o frete (para Pato Branco, em torno de R$ 8,00).

Nos próximos capítulos


Mas livros legais e por precos módicos! Não percam!

---
Mais literatura infantil:


- Reseínha: Folia de Feijão, Luís Camargo
- Top 10 da Sharon dos melhores livros de literatura infantil
- Por que "Os três porquinhos" é tão bom?
- Boi, boi, boi... boi da cara preta
- O rapto das cebolinhas, Maria Clara Machado
- Pinóquio, adaptação de Guilhaume Frolet
- Ler é viajar... na idade!
- Em frente à nossa casa tem... a caixa de correio!
- Porque Harry Potter é uma série bacana para as crianças

29 de maio de 2012

Na minha geladeira tem que ter: 52 x 5 22a. semana

1. Chocolate (pra mim)
2. Leite (pro meu café com leite e pro Tomás)
3. Água de coco e suco de uva integral (Tomás e eu)
4. Coca-cola ou guaraná (pro Rodrigo)
5. Catchup (pro Rodrigo), também conhecido como pupi (pro Tomás)

---
Esse é um plano de postagem da Pri, do Devaneios e Metamorfoses. A Tábata do Happy Batatinha também está participando. Ela tem outro plano para 2012, o 52 semanas de bibliofilia, que estou seguindo também.

Mais eu:

Outros posts do 52 x 5
Cinco fatos sobre a Sharon
Resoluções sharísticas
O que a gente aprende quando nosso pai está longe da gente
Eu política

28 de maio de 2012

21a. das 52 semanas de bibliofilia!


Estou postando atrasada. Essa é da semana passada. Foi tão corrida, tão apertada, que nem criatividade eu tive. Então eu copiei a foto da Pri. Os bichos do Tomás gostam do "Cada bicho Seu capricho" da Marina Colassanti, que pegamos na biblioteca do SESC. Pena que lá tenha pouca coisa pra idade dele...

Cada leitor, um livro!

---


Esse é um plano de postagem da Pri, do Devaneios e Metamorfoses. Estou seguindo outro plano dela para 2012, o 52 X 5 momentos para compartilhar. A proposta aqui é "postar uma imagem por semana da relação que você estabelece com os livros e o modo como eles aparecem no seu cotidiano".

Outras fotos do meme 52 semanas aqui.



Mais meme literário:

Meme literário de um mês do Happy Batatinha

Blogs de quinta sobre livros:

Livrada! do Yuri

Top 10 sharístico:

Romances
Literatura infantil

Mais literatura:

A melhor HQ de 1980
Desafio Literário 2012
Livros para ler em 2012

A biblioteca do Tomás - parte 1

Eu decidi, não é? Não comprar mais livros para mim esse ano. E estou cumprindo! Mas a regra é para mim, não para o Tomás. A biblioteca dele só cresce, está abarrotada! As aquisições desde março até sexta-feira passada:

- Selma, Jutta Bauer, Cosac Naify: a indicação foi por aí, e tava em promoção no submarino por R$ 11,00, acho. Adorei, Tomás não. A história é mesmo para crianças maiores, apesar de ter pouco texto e muita imagem. Fica pra quando ele for maiorzinho. Uma boa resenha aqui.

- Esconde-esconde na escola, Cláudia Bielinsky, Cia das Letrinhas: amor total, da família inteira! Lindão, grandão, deliciosão! Bom pros pequenos que já vão pra escolinha, dá pra brincar desde bebezinho. Recomendado pelo "Cuca de gente miúda", vai lá que tem imagens e tudo mais.

Chuva! Elyardo França e Mary França, Ática: simples e perfeito, curtinho e lindo. Podia ter mais... 

- Cocô de passarinho, Eva Furnari, Cia das Letrinhas: vai ter resenha, que esse merece! Muito bom, tem coisinhas escondidas que vamos descobrindo aos poucos... pros pequeninhos e pros grandões!

- Viva eu, viva tu, viva o rabo do tatu! Cristina Vilaça, Escrita Fina. Tivemos a visita de um tatu nas férias de janeiro, Tomás passou a adorar o bichinho. Então achei esse livro lindo, colorido, musical, rimadinho e divertido que fez sucesso. Vai ter resenha também.

- Orelhas para ouvir, Ediouro: É um livro para bebês, mas Tomás tava doentinho na sexta e chorou muito para comprá-lo no mercado... não tive coragem de dizer não. É fofo, cada página um bichinho, ergue a orelha, aparece uma surpresa, etc. São cinco orelhas de cinco bichos, mas pra idade e expectativa do meu pequerrucho tinha que ter mais! 

- Ambulância, coleção S.O.S, Todolivro. Criança doente, chorando no supermercado e pedindo livro? Eu compro. Esse eu me arrependi, o desenho não é muito bonito e a história é fraquinha... pelo menos ensina a não nadar no inverno. Tomás não gostou muito da história, mas adora a sirene. 

- Inventário do Lobo Mau, Fátima Miguez, DCL. Outro livro para crianças maiores. E dessa vez eu sabia, porque dei uma olhada na amostra do google livros. Mas achei que era só sobre a chapeuzinho vermelho, e não tínhamos essa história em casa, aí comprei mesmo assim. Porque meu leitorzinho adora o lobo mau. Mas tem outras histórias também, que eu não conheço. Vai ficar ficando até chegar a hora de ler. Então eu conto mais.

24 de maio de 2012

O desfralde para os pães que trabalham

O Tomás está quase lá!

Comprei o penico no começo de dezembro, no dia 22 ele completaria dois aninhos. Peguei um bem parecido com o vaso da gente, só mais colorido e com musiquinha. É um modelo anterior a esse, da Filler. Só não tem a tampa em formato de ursinho.



Decidimos tirar a fralda em casa e só tirar na creche quando o Tomás tivesse aprendido tudo direitinho. Então, decidi usar minhas férias, em janeiro, para desfraldar o bichinho. Nisso o penico colorido, parecido com um vaso ajudou. Para fazer xixi em pé é ótimo, o Tomás adorou já na primeira vez, música e tudo mais.

Mas para sentar é um pouco bambo, demoramos para encontrar um jeito de sentar sem balançar e no começo isso assustava o pitoco. Então que com o cocô não foi tão tranquilo assim, talvez por causa disso, mas não só, claro. Ele gosta de fazer de cócoras, precisa aprender a fazer sentado, ele não se importava em ficar de fralda suja... ele não estava pronto, no geral.

Quando voltei a trabalhar, tirávamos a fralda todo dia, assim que o Tomás chegava da creche. Mas foram vários cocôs no chão e então eu decidi esperar um pouco mais. Em março comecei a tirar a fralda de novo. Depois da creche e nos finais de semana. O xixi estava sob controle, mas começou o frio e nada do Tomás fazer cocô no penico... e então ele teve uma crise aguda de diarreia. Tudo adiado outra vez... Mas como com o xixi está indo super bem, com poucas esquecidas, eu não desisti não! Quando a diarreia melhorou,  voltamos ao "esquema". Comecei a colocar, no fim de semana, as calças de moleton já usadas, mesmo meio sujinhas, pra não ter que ficar sujando muita roupa limpa. Senão não tem roupa e mãe que chegue, minha gente.

Então no sábado agora deixamos o bichinho sem fralda o dia inteiro e ele não fez cocô nenhum. O normal são dois, um pela manhã e outro à tarde. Já tinha lido que o estresse do desfralde pode se tornar uma prisão de ventre, então fiquei preocupada e deixei a fralda no domingo à tarde, para o caso dele estar um pouco estressado com o assunto. Acho que estava, tadinho, porque então ele conseguiu. E começou outra semana e continuamos tirando a fralda assim que ele chegava da creche, tudo normal.

Ontem o bichinho estava agitado, hiperativo, sem controle, um furacãozinho rebelde, brigando por qualquer coisa, não é normal. Fez dois xixis no chão, um no meio dos brinquedos, o que ele nunca tinha feito antes. Sempre saiu de perto das coisas quando percebia o xixi chegando sem dar tempo de ir ao penico. Brigou feio louco pra colocar calça limpa e calçado. Então lá pelas 19:30 ele falou: "cocô" Foi correndo pro banheiro, sentou no penico sem bambear e sim! O primeiro cocô no penico!

Taí o motivo da agitação... estava tudo pronto por lá e ele estava nervoso com a hora de sair!

Foi a maior festa, muita comemoração e muitos abraços. Mandamos o cocô pela descarga, demos tchau, ele quis ajudar a lavar o penico, um acontecimento. E agora é esperar pra ver. Será que vai virar rotina? Espero que sim!

Mais sobre desfralde:

Semana de desfralde no Mamatraca
Super guia da Luciana, do Nicolando, com tudo o que você precisa saber!

22 de maio de 2012

Meus piores defeitos 52 x 5 21a. semana

1. Pouca paciência para ensinar e argumentar
2. Mas se alguém se impacienta comigo não sei reagir
3. Se eu acho que estou certa e a pessoa dá brecha, levo a sério demais e argumento até a brecha fechar
4. Meu deslumbre às vezes constrange os amigues
5. Quando começam a surgir obstáculos em algo que eu quero fazer, tirando vencer uma discussão, é claro, eu desisto.

---
Esse é um plano de postagem da Pri, do Devaneios e Metamorfoses. A Tábata do Happy Batatinha também está participando. Ela tem outro plano para 2012, o 52 semanas de bibliofilia, que estou seguindo também.

Mais eu:

Outros posts do 52 x 5
Cinco fatos sobre a Sharon
Resoluções sharísticas
O que a gente aprende quando nosso pai está longe da gente
Eu política

21 de maio de 2012

O livro dos mandarins, Ricardo Lísias

Está complicado escrever sobre os mandarins do Lísias, porque apesar de ter compreendido bem o enredo ainda parece que estou deixando passar alguma coisa. E claro que eu não consigo explicar que coisa é essa que eu não captei.

Foi uma leitura suada e labutada até ajustar os vários personagens chamados Paulo, Paula, Paulinho, Paul com a narração repetitiva (que pra mim é a voz do Paulo José dizendo "o que distingue os seres humanos dos outros mamíferos é o tele-encéfalo altamente desenvolvido e o polegar opositor"). Aí fluiu como um bom filme, e eu estava assistindo o Clube da Luta na versão de quem fica na firma e vence o jogo. Às vezes eu mudava o clima pra "Psicopata Americano", principalmente quando começava uma conversa fiada sobre auto-imagem, apresentação pessoal. Eu ficava imaginando que na próxima página ia ter um assassinato. Mas às vezes você até se reconhece no Paulo, que, afinal de contas, parece sincero, pelo menos nos seus objetivos prioritários. Afinal de contas, é só um cara que veio de baixo tentando ganhar a vida entre os tubarões. Meio "À procura da felicidade" só que com um protagonista feio, torto, de coração duro e sem crianças bonitinhas.  Tem um pouco de pastelão americano, quando o Paulo vai jogar futebol com os estrangeiros e a conversa vai de "Vamos ver se o camarada aqui é o Belé mesmo" até "Esse aí não é o Belé porra nenhuma". Tem umas aflições no estilo "Nosso querido Bob", um bando de louco pegando no pé do cara e ele não tem como se livrar. Angustiante. Pra não ficar só no estrangeiro, tem "Tereza Batista cansada de guerra" também, mulherada superando horrores e faturando com o poderio sexual. E no fim a gente se dá conta que não é uma fábula do mundo moderno, o mundo é mais "O advogado do diabo" do que a gente pensa.

Adorei. Quem também gostou muito foram os jurados da Copa Brasileira de Literatura. Vão lá, eles resenharam muito melhor do que eu. Tanto que foi pelas resenhas que eu disse que queria o livro neste post, e o Ricardo mandou! Agora que já tenho o livro na cabeça e no blog, vou libertar em Pato Branco. Mas tem que ir pra alguém que queira mesmo ler. Não vou deixar ao relento não. 

Cinco estrelinhas. Em cinco.

18 de maio de 2012

20a. das 52 semanas de bibliofilia!


Uma das muitas razões pelas quais eu adoro livro usado (de biblioteca, sebo, da troca do skoob) são os presentinhos. Cartas, bilhetes, recibos e no exemplar de "As meninas" que estou lendo agora, um extrato do Bradesco de 1983! Tá fechadinho e não vou abrir não. Mas é divertido quando o livro já vem com um marcador de páginas inusitado!

São presentes as coisas esquecidas nos livros antigos!

---


Esse é um plano de postagem da Pri, do Devaneios e Metamorfoses. Estou seguindo outro plano dela para 2012, o 52 X 5 momentos para compartilhar. A proposta aqui é "postar uma imagem por semana da relação que você estabelece com os livros e o modo como eles aparecem no seu cotidiano".

Outras fotos do meme 52 semanas aqui.



Mais meme literário:

Meme literário de um mês do Happy Batatinha

Blogs de quinta sobre livros:

Livrada! do Yuri

Top 10 sharístico:

Romances
Literatura infantil

Mais literatura:

A melhor HQ de 1980
Desafio Literário 2012
Livros para ler em 2012

16 de maio de 2012

Reseínha: 101 coisas que não me contaram antes do casamento, Linda e Charlie Bloom

Ganhei da minha sogra, no meu último Natal solteira... e foi um bom presente. Eu não gosto de auto-ajuda e similares, comecei uns 5 e terminei só esse. As duas coisas que mais me incomodam em livros auto-ajuda são os autores, especialistas em coisa nenhuma, e os textos, reuniões de bobagens bonitas sob títulos genéricos idiotas. Mas esse livro é um pouco diferente. Aparentemente os autores são um casal bem casado e feliz. Ambos são psicólogos e trabalham com terapia de casal, então, a princípio, eles sabem do que estão falando. Mas o que é interessante no livro são as histórias de vários casais, inclusive eles, e dos seus erros e acertos no casamento. E eu gosto de depoimentos. Se depois não viesse um conselho "grátis", o livro ganhava três estrelas.

Duas estrelinhas e meia. Em cinco.

---
Mais autoajuda? 

beeep! Erro. Banco de dados vazio. Mas eu te ajudo, sim. Vai no blog da Lia que eu recomendo.

Mais reseínha:

- Folia de Feijão, Luís Camargo

Mais literatura:

15 de maio de 2012

Fico de mau humor quando... 52 x 5 20a. semana

1. Estou com fome e não tem comida
2. Estou com sono e não posso dormir
3. Não tem café com leite ou um mísero chocolate
4. Não como sobremesa
5. Tomás acorda mais de duas vezes à noite.

Como vocês viram, meu mundo é comida e sono. Garantindo os dois, é só alegria.

---
Esse é um plano de postagem da Pri, do Devaneios e Metamorfoses. A Tábata do Happy Batatinha também está participando. Ela tem outro plano para 2012, o 52 semanas de bibliofilia, que estou seguindo também.

Mais eu:

Outros posts do 52 x 5
Cinco fatos sobre a Sharon
Resoluções sharísticas
O que a gente aprende quando nosso pai está longe da gente
Eu política

14 de maio de 2012

Cantinho dos sonhos, parte 4

Unir esta disposição de móveis, com a janela da parte 1. A ideia é da designer Schuyler Samperton.


Via. Fonte.

---
Minhas próprias imagens com livros:

- 52 semanas de bibliofilia
- Mais fotos do meme no blog da Pri S.
- Outras estantes nas Estantes de Quinta do Bibliophile.

9 de maio de 2012

Oriente, Ocidente, de Salman Rushdie - mais um livro livre!

Deixei no Café da Praça, perto das 13 horas, o Rushdie.

São 9 histórias. A primeira e a última são lindas, algumas do meio são boas, outras médias e duas delas são quase ruins. Um livro montanha-russa. Espero que seja bem recebido!

Salman Rushdie visita Pato Branco!

---
Mais livros livres:

8 de maio de 2012

Meus seriados favoritos. 52 x 5 19a. semana

1. Friends (e quem diz que não é ruim da caixola...)
2. Pushing dasies
Não precisava, mas além de linda é legal
3. Dead like me
4. Grey's Anatomy
5. Os pioneiros
Por que será? Tem três irmãs, a mais velha séria,
a do meio faceira e a mais nova sempre se
metendo em grandes confusões...
---
Esse é um plano de postagem da Pri, do Devaneios e Metamorfoses. A Tábata do Happy Batatinha também está participando. Ela tem outro plano para 2012, o 52 semanas de bibliofilia, que estou seguindo também.

Mais eu:

Outros posts do 52 x 5
Cinco fatos sobre a Sharon
Resoluções sharísticas
O que a gente aprende quando nosso pai está longe da gente
Eu política

7 de maio de 2012

19a. das 52 semanas de bibliofilia!

Tomás acordou pedindo "iê, papai!" O Rodrigo não é chegado em leitura, mas hoje de manhã leu dois (DOIS!) livros pro bichinho! E eu tomando café ali do lado não consegui resistir! Fotinha pro meme!

Ler em família é bom, é muito bom! 

---


Esse é um plano de postagem da Pri, do Devaneios e Metamorfoses. Estou seguindo outro plano dela para 2012, o 52 X 5 momentos para compartilhar. A proposta aqui é "postar uma imagem por semana da relação que você estabelece com os livros e o modo como eles aparecem no seu cotidiano".

Outras fotos do meme 52 semanas aqui.



Mais meme literário:

Meme literário de um mês do Happy Batatinha

Blogs de quinta sobre livros:

Livrada! do Yuri

Top 10 sharístico:

Romances
Literatura infantil

Mais literatura:

A melhor HQ de 1980
Desafio Literário 2012
Livros para ler em 2012

3 de maio de 2012

Mais Henry e mais punk rock

Mais um trecho de "A mulher do viajante no tempo", Audrey Niffenegger. Resenha do livro aqui. A descrição do Henry e da Ingrid no show do velho iguana descreve e explica muita coisa da minha década de 20:


Ingrid e eu estamos no Teatro Riviera, sacudindo nossos parcos miolos de tanto dançar ao som do Iggy Pop. Ingrid e eu sempre passamos pelos momentos mais felizes quando estamos dançando ou trepando ou fazendo qualquer coisa que envolva atividade física e nenhuma conversa. Neste momento, estamos no céu. Estamos bem na frente e o sr. Pop sacode todo mundo, criando um bolo de gente e de energia alucinada. Uma vez, eu disse a Ing que ela dançava como uma alemã e ela não gostou, mas é verdade: ela dança séria, como se tivesse vidas em jogo, como se dançar com precisão pudesse salvar as crianças famintas da Índia. É ótimo. O Iggster está cantando "Calling Sister Midnignt: well, I'm an idiot for you..." e sei exatamente como ele se sente. É em momentos assim que vejo sentido em ficar com Ingrid. A gente se acaba dançando Lust for life, China Girl, Funtime. Ingrid e eu atingimos uma velocidade suficiente para lançar uma missão a Plutão. Tenho plena convicção de que posso ficar aqui para o resto da vida e estar absolutamente satisfeito. Ingrid sua. Sua camiseta branca grudou no corpo de uma forma interessante e esteticamente agradável [carilhos, podia ter colocado "gostosa" aqui, dona Audrey, as feministas não iam chiar], e chego a pensar em tirá-la, mas me seguro porque ela não está de sutiã e ia reclamar sem parar. Dançamos, Iggy Pop canta, e infelizmente, inevitavelmente, após três bis, o show finalmente termina. Me sinto ótimo.


E, numa festa, na cidade de Clare, no interior, ficou encantado ao encontrar um casalzinho disfarçado de punks ingleses. Fez uma listinha pra eles comprarem discos. São quatro ou cinco páginas com uma historinha do punk rock que eu queria citar inteiras, então, como é grande, citei em outro post.


---
Mais música:


Citações do punk rock
Top 10 das melhores bandas brasileiras de todos os tempos
Top 10 das melhores bandas curitibanas de todos os tempos
Top 10 das melhores bandas de todos os tempos de todos os lugares
Meu não-namoro
The Clash & Dave Grohl & Bruce Springsteen - London Calling
Incrível máquina de estragar músicas
Blog de quinta: Entre topetes e vinis, Juliana Romano

2 de maio de 2012

18a. das 52 semanas de bibliofilia!


Filho dormindo e a gente aproveitando... maridão jogando concentrado e eu... lendo! Foto simples em um dia bem cansativo... o marcador é uma versão antiga da lista de livros que serão lidos esse ano, se tudo der certo!

sério e compenetrado... nhame nhame!
---


Esse é um plano de postagem da Pri, do Devaneios e Metamorfoses. Estou seguindo outro plano dela para 2012, o 52 X 5 momentos para compartilhar. A proposta aqui é "postar uma imagem por semana da relação que você estabelece com os livros e o modo como eles aparecem no seu cotidiano".

Outras fotos do meme 52 semanas aqui.



Mais meme literário:

Meme literário de um mês do Happy Batatinha

Blogs de quinta sobre livros:

Livrada! do Yuri

Top 10 sharístico:

Romances
Literatura infantil

Mais literatura:

A melhor HQ de 1980
Desafio Literário 2012
Livros para ler em 2012

Você já teve um Severo pra chamar de seu?

Post fofo, romântico, engajado e angustiante que o Feminist Harry Potter tãmbulorou no Men who trust woman.


Diz assim: "Líliam, o amor incondicional que eu sinto por você e meu desejo de lutar para garantir seu direito de viver, escolher e ser feliz é baseado na nossa amizade como iguais, não baseada na opressão e dominação masculina". 

Duro, né? O divertido é o comentário da Krystie, do Feminist HP:
"Severus trusts Lily, even when he vehemently disagrees with her choice to marry and have a baby with “an arrogant toerag.”
Ou: "Severo confia em Líliam, mesmo quando ele discorda veementemente com a sua escolha de se casar e ter um bebê com um inútil (?) arrogante".

---
Mais Harry Potter:

- Porque Harry Potter é um livro legal para as crianças.

1 de maio de 2012

Qual é o livro?

Estou copiando descaradamente o Luciano, do .Livro, mas é que a ideia é boa. Demais. Vocês adivinham o livro se eu der cinco palavras? Adivinham? Vou começar com um fácil, para vocês pegarem o gosto.

O que é o que é: tem órfão, fuga, polonês, crise, fogo e é um livro?

Quem adivinhar ganha a alegria da vitória!

Sinto saudades... 52 x 5 18a. semana


Esse vou responder com fotos!

1. De ter uma quantidade enorme de primos pequenos
Mais da metade é primo-imão, o resto, de segundo grau! 

2. Do segundo grau mais doido do mundo
E até minha maleta/bolsa aparece! Que saudade dela também!

3. De passar as tardes de sábado jogando RPG
Ataque massivo!

4. De Tum Tum Pá Yeah!
Adivinhem qual é o trecho da música!

5. De um sorriso que só é possível em bebês desdentados:
Pronto, agora vocês tem saudades também!

---
Esse é um plano de postagem da Pri, do Devaneios e Metamorfoses. A Tábata do Happy Batatinha também está participando. Ela tem outro plano para 2012, o 52 semanas de bibliofilia, que estou seguindo também.

Mais eu:

- Outros posts do 52 x 5
- Cinco fatos sobre a Sharon
- Resoluções sharísticas
- O que a gente aprende quando nosso pai está longe da gente
- Eu política