27 de junho de 2012

Meu "terrível dois" e o inverno

Tomás não tem a mínima vontade de voltar para casa depois da creche. No maternal os horários são bem definidos e o tempo de liberdade no pátio é pequeno... uma hora pela manhã e outra à tarde, quando tem sol. Se está nublado, nem pensar... Então quando "abre a porteira da liberdade" o ele quer é brincar ao ar livre, correr, mexer na terra, andar um monte e investigar quais casas tem cachorro, onde estão as casinhas de joão-de-barro... nada mais saudável, não é?

Mas ele nunca foi tão ágil e sempre ficou bem agasalhado no inverno. Só que agora... Ontem eu até tentei deixá-lo brincar na praça ao lado da creche com o capuz do moleton, mas não deu certo. Com a correria a cabecinha ficava desprotegida em dois segundos! E o tempo está horrível ultimamente, nublado, úmido, frio. Um perigo! Toucas de lã são muito quentes, então minha opção é chapéu de algodão, estilo cata-ovo. Fica bem bonitinho e protege sem esquentar e coçar. Posso então deixar o guri correr a vontade ao ar livre sem receio!

Não é o menino mais lindo desse mundo?


---
Mais pãeternagem:

Blogs de quinta:

Nenhum comentário:

Postar um comentário