22 de março de 2012

Organizando as leituras em quatro passos

Livrinho de outra doida como nós
Eu sou uma leitora gulosa. Também, um mundo inteiro para ler em menos de 100!. Aí me mato pra ler tudo correndo e percebi que tenho aproveitado pouco.

E também uma leitora selvagem, assim como o Garcia-Roza se definiu. Escolho por instinto. E tenho escolhido mal, principalmente agora que meu tempo é escasso.

Essa semana, por exemplo, o tempo de leitura é de menos de uma hora por dia. Em uma hora eu consigo ler umas 50 páginas do Festim de Corvos, mas é um calhamaço de 600 páginas grandes, sem margem e letra miúda. Lá se vão 10, 11 dias em um livro. Só um! Snif...

Então resolvi organizar o negócio. Desse jeito:

1. Não dá tempo de ler tudo, paciência

NADA DE COMPRAR LIVRO pra mim, a partir de ontem. Finito. Nenhum livro entra até que todos estejam lidos. Ou doados, ou... enfim. Também cancelei vários feeds. Vejam só meu gráfico. Eu estava recebendo mais de 200 artigos por dia e lendo em torno de 20, 40. Ontem eu dei um "marcar tudo como lido" e olha a listinha laranjada... Bobagem seguir tanta coisa. Agora, só os blogs onde comento direto. É isso, deixa pra lá, não dá pra comentar tudo, ler tudo e querer participar de toda blogagem coletiva. Vício é feio Sharão. E agora tenho hora pra abrir e-mail e gReader. 15 minutos de manhã, 15 de tarde e 15 antes de sair do trabalho. E deu. Mas é difícil, eu adoro resenha. E ler muita resenha dá vontade de ler muito livro. E comprá-los. Então, menos resenha, por favor!


2. Prioridade pro prioritário

Tenho tempo pra ler três livros por mês, 36 no ano e vou ler só os que vão me fazer encher a boca dizendo "li sim e achei que..." Então, rearranjei, esses dias, a lista de leitura de 2012, incluí novos livros (também em pdf). Se já tiver lido os três, continuo a leitura de um dos livros teóricos da lista. O que der mais vontade.

3. Ler de verdade

Eu leio rápido, mas tem livro que requer mais atenção, releitura, pensar sobre, vagar. Então vou tentar não ler tão rápido quanto os olhos (e o vício!) mandam. Só o primordial mesmo. Anotar, pensar, imaginar, refletir, referenciar, linkar, babar, viajar... chega de ler correndo e esquecer o que li, o que achei. Ãnfã. Ler direito.

4. Abandonar sem dó
Se eu não estiver gostando do livro, deixo de lado. Se for um livro bem conceituado, fica pra quando eu tiver 120 anos. Já uso esse método há tempos, na verdade. Só pra por alguma coisa na listinha que eu já faço bem.

Só isso, cara pálida?

Eu sou péssima em seguir regras, inclusive as que eu mesma faço. Ou principalmente essas! Se conseguir fazer isso esse ano, aumento o número de livros pro ano que vem, como prêmio!

---
Mais sobre meu jeito de ler:

- Serei burra? Por que não consigo fazer anotações?
- Vício! Comprar, comprar, comprar...
- Vai, volta e começa tudo outra vez - sobre alternar leituras

Um comentário:

  1. Eu preciso seguir umas regrinhas dessas... principalmente a primeira, de não comprar novos livros... só o que já tenho é suficiente para ler 2012 inteirinho, com sobra...
    Mas cadê conseguir largar o vício?
    Minha lista de leitura é mega desorganizada... eu vou passando os livros na frente um do outro na fila, e alguns acabam ficando anos no limbo...

    ResponderExcluir