18 de março de 2012

Reseínha: Folia de Feijão, Luís Camargo

A coleção Maneco Caneco era minha preferida na infância e comprei todos pro Tomás também viciar. Ele tinha um ano quando nós lemos "Folia de Feijão" pela primeira vez. Ele se apaixonou, é um dos preferidos. A história é simples, o feijão nasce, vai procurar um cantinho para morar, brota, dá mais feijão... O texto é longo ainda pro Tomás, a alegria dele é o desenho pontilhado do caminhar puladinho do feijão, os barulhos vamos fazendo juntos. Eu queira uma edição para bebês, com encadernação dura. Assim, só com supervisão, pra não estragar. E nós plantamos feijão em casa pra ele ver tudo acontecer. Mágica!

Quatro estrelinhas. Em cinco.
 
Pobre Maneco Caneco Mão de Concha, fica
difícil segurar um prato de feijões felizes...
---

Nenhum comentário:

Postar um comentário