11 de janeiro de 2012

Tomás vai pro castigo agora e já volta, tá? - post com trilha sonora!

Minha mãe e minha irmã Shana, a dinda, vieram em casa pro Tomás mostrar o pinheirinho e plantação de feijão. E daí que o bichinho não parava de mexer na lampada [supar trúpa bins are gona bláin mi - supá-pá, trupá-pá] do jardim. [todos os dias, Tomás fuçava, no holo-fo-te do jar-dim] Nesse dia, sentou em cima. Girou. 


- Tomás, pára de mexer na luz. Senão você vai ficar de castigo. [what a drag is getting o-old...]


E, claro ele vai lá e mexe no troço de novo. [ei! mãe! get off of my cloud!]


- Vovó, dinda, licença, que o Tomás vai pro castigo agora e já volta, tá? Que feio Tomás, desobedecer a mãe e ficar de castigo na frente da vovó e da dinda...


O bichinho já sabe que escalar, se pendurar ou mexer em lugares perigosos rendem castigo [bate no pivete, bate no pivete, bate no pivete com o taco de bet]. Bater, morder, machucar, também. Não obedecer uma ordem explícita, idem. O castigo tem funcionado . Ele demora pra ficar quietinho no lugar, mas depois de várias idas e voltas e algum choro, ele fica quietinho seus dois minutos. Aí vem a conversa:
Eu faço como a supernanny manda,
me abaixo na altura do Tomás...


- Por que o Tomás tá de castigo?
- uz! (aponta pra fora)
- O Tomás desobedeceu a mamãe e mexeu na luz. O Tomás pode mexer na luz?
- Nããããão
- O Tomás vai mexer na luz de novo?
- Nãããão
- Então pede desculpa pra mamãe
- Pupa! (abraço)


Nem sempre funciona bem a conversa quando é alguma coisa que ele gosta muito de fazer, como subir na estante e escalar o sofá. Às vezes ele sai do castigo e vai correndo fazer de novo a arte. [dããã people will survive...Aí grita "Tido!" E corre sozinho pra sentar no cantinho. Mas esse "tido" auto-imposto tem que durar o tempo que ele quer, e é mais difícil fazer ele ficar nesses do que nos que eu coloco. 


Trabalho, muito trabalho. Mas o mais complicado é me tornar a "autoridade não aceita" depois de toda a rock'n'roll highschool. É, mãe, agora eu entendo

---
Mais pãeternagem:


Pãeternagem
- Prêmio Jude Law
- Feijão no vapor embalado à vácuo
Mãe que trabalha, mãe que viaja
Pro seu filho comer de tudo, siga minha intuição
- Blog de quinta: Super Duper - Anne, Joaquim e Tomás
- Blog de quinta: Mãe Geek - Gisela e Luisinho

Nenhum comentário:

Postar um comentário