9 de julho de 2012

Organizando desejos literários

O Desafio Literário não é legal só pra manter uma rotina de leitura, descobrir coisas novas pra ler... pra mim, o mais interessante é conhecer blogs novos. Foi assim que eu conheci o "Devaneios e Metamorfoses", da Pri S., de onde eu "roubei honestamente" as ideias para as 52 semanas de Bibliofilia e do 52x2! Foi lá que eu conheci "O Batom de Clarice", da Ju Gervason, que também tem um canal de vídeo no youtube sobre livros muito legal. Todos os links estão no final do post.

Então a Ju tem uma sessão legal para os leitores, a "Querências". A gente manda a lista de livros que queremos ler. Eu mandei minha lista de desejados do Skoob, e saiu ontem! Ficou lindo!


Vou aproveitar e contar como eu organizo meus desejos literários... e como eu quero organizar.

Minhas listas de livros desejados

1. A virtual

Como ultimamente eu só tenho comprado pela internet, então faz mais sentido uma lista virtual. Uso o skoob. Marco os livros como "vou ler" e coloco a caixinha de "desejado". Pronto. Quando eu compro ou consigo trocar o livro, mudo de "desejado" para "tenho".

A única organização da lista é a separação entre os livros do Tomás e os meus... nos dele eu coloco a tag "tomás". Até já pensei em fazer uma conta do skoob pra ele, mas só de pensar em duas senhas, dois logins, etc etc, eu fiquei cansada. Enquanto ele não conseguir cuidar disso sozinho, eu vou cuidando na minha conta. A Gizele, do Kids Indoors, fez uma conta pro filhote mais velho dela, o Cássio, que está com 8 anos agora e já arrisca suas resenhas! Muito legal!



Negócio é que eu "quero" muito livro. Mais de 400!!! Mas não vou comprar tudo isso não... tem biblioteca, tem troca, tem e-book de domínio público. Provavelmente vou comprar a maioria que estou "desejando" para o Tomás, mas os adultos, vão ficando na lista. Pra ter bastante opção também.

2. A analógica

Muito influenciada pela Ju e pelas querentes anteriores a mim, comecei a fazer uma listinha física dos mais-mais pra levar junto quando eu for para alguma metrópole a serviço, onde tenha livraria com mais estoque que aqui. E pra levar nas bibliotecas, claro. Vou usar uma agenda de telefone que ganhei no começo do ano, aí já fica organizado por autor. Comecei (só pra tirar a foto) com a lindeza de lançamento da Cia. das Letrinhas, "Menino Drummond", com poesias do Carlos ilustradas pela Angela Lago!

organizadinho!
Mas ultimamente tem sido difícil ir pra Curitiba, minha metrópole de referência.. Para diminuir os custos, os treinamentos do IBGE tem sido em Cascavel. Lá tem franquia da livraria Nobel no shopping, mas né, livro de livraria eu compro na internet, mais barato, excrusive. O lugar mais legal mesmo pra comprar livros é o sebo "A Arca", muito bem fornido, bem atendido. Eles também estão na Estante Virtual, com 34.168 livros! Vou lá em todo o treinamento e volto cheia de livros. 

3. A emocional

Quero tudo tudo tudo! Eu sempre sonhei com uma biblioteca bem tradicional, com armários em estilo antigo, portas de vidro e as gravuras do Doré para as fábulas de La Fontaine nas portas de baixo. Mais ou menos como essa aí de baixo. Essa poltronas revestidas com veludo alemão são deliciosas e lindas. Eu gosto dessa coisa velha e antiquada...

Imaginem gravuras nas portas! Maravilhoso!

Aí estariam todos os livros amados, ou não. Mas já não quero mais isso. Quero só o que preciso, o que fica como referência e os livros "bonitos", as HQs e artes. Ficção em geral, que eu já li, marquei, resenhei, vou doar. Pros outros também poderem viajar como eu. Foi por isso, também, que eu retomei a quitanda, fazendo resenha, para os livros poderem "ir" deixando um pedacinho deles comigo.

Links para os sites mencionados nesse post:

Desafio Literário, causando querências.
O Batom de Clarice, o canal da Ju no seutubo e a minha querência.
- O Devaneios e Metamorfoses da Pri S.- Minha estante de desejados no skoob.
Kids Indoors, da Gizele, do Cássio e da Cecília e a estante virtual do petiz.
Menino Drummond, lançamento da Cia das Letrinhas.
Livros do sebo "A Arca", de Cascavel, Paraná, na Estante Virtual.

(Esse formato novo de links é porque li que se passa mais tempo lendo textos sem links... faz sentido. Não é pra forçar a me ler, é porque se vocês forem embora no primeiro link, vão perder o contexto do que vieram saber aqui. Vão perder a ideia geral. É um teste. Se muita gente detestar, eu mudo.)

4 comentários:

  1. Sharon se eu for contar tudo o que quero também me assusto, é muita coisa, coisa até demais para se poder ler em uma vida, mas a gente continua querendo. POr aqui não tem livraria ou sebo, o jeito é apelar pra internet mesmo, ou quando vou pra Presidente Prudente, que tem um sebo até que bom. Mas leitor, de um jeito ou de outro, por querência ou por dificuldade de saná-la, sofre.

    ResponderExcluir
  2. Sharon, esse negócio que você falou sobre os links no fim do post, em vez de espalhados por ele, você tem aí ainda o texto onde você leu isso? Achei a ideia interessante, e faz super sentido, mas nunca tinha ouvido falar a respeito...

    E sobre o batom de Clarice, sou suspeito pra falar, afinal a Juliana estudou comigo o ensimo médio todinho, e é uma das minhas melhores amigas... fora q o blog dela é fodão! kkk

    Bju!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. João! Faz tempo que eu li e não encontrei mais. Basicamente era isso mesmo, que links dentro dos textos diminuem a atenção ao que você está lendo e o tempo de permanência no site, que o melhor era colocar os links somente no final, como eu fiz. Tanto pra conseguir que o cabra fique mais tempo no seu blog quanto para fazer com que ele leia tudo.

      Mas não achei não... eu recebi por e-mail, acho, talvez!

      Não sabia que você era tão amigo assim da Juliana! Que legal!

      Excluir
    2. Interessante mesmo isso... acho que vou adotar a ideia!

      Pois é, nós nos formamos juntos no ensino médio, e somos amigos desde então...

      Excluir