12 de julho de 2012

Supermanual do escoteiro mirim, Disney

Eu gosto de ler desde que aprendi. Aprendi na idade normal, primeira série, seis anos. Mas gostava de livros muito antes disso, conforme contam os parentes. E tive muitos livros favoritos na infância. Não falta livro bom pra crianças e minha mãe pegava na biblioteca pública dois por semana. Então tenho ótimas lembranças de ótimos livros.

Esse eu, minhas irmãs e o Leo, do Submundo HQ (vejam!) arrebentamos de tanto ler e arregaçar as lombadas pra copiar os desenhos. Pobre livrinho. Muito amado, muito mal tratado.

Não era nosso, era do Tio Beto. E ele tinha muito ciúmes de todos os livros e revistas National Geographic dele. No começo, nós só podíamos ver o Supermanual na casa da minha vó, com ele por perto. Idem para as National, mas era o Manual que eu amava no começo. Então tinha esse mistério que toda coisa bem cuidada tem. E. Tinha um fecho com chave. Chave!

Os manuais da Disney são todos um pouco parecidos, com pequenos artigos sobre muitas coisas. Cada página, um assunto. Tipos de árvores. Pássaros. Animais. Como acampar, como ser um espião, como fazer ferramentas, como fazer moldes de pegadas de bichos, etc. Tudo com um pouco de humor e um personagem Disney metido no meio.

O que eu mais gostava eram as dicas de acampamento... Olhem essa improvisada com pedras e gravetos, se não é genial:



 E outra das minhas preferidas era a mensagem escondida nas listras verticais, que eu não achei na internet, então fiz eu mesma... Quem lembra o que estava escrito? Lembra como faz pra ler?


Tinha que colocar o papel na posição horizontal, na frente dos olhos... levei um tempinho pra ler, meu tio ajudou bastante... mas depois que eu descobri... apaixonei!

Hoje, uma edição completinha, bem cuidada, com chave e tudo, está saindo por R$ 100,00!!! Mas quem é o louco que vende uma lindeza dessas???


---

Um comentário:

  1. Um dos favoritos da Clarice é o Manual do Professor Pardal, que eu comprei no sebo de Mauá. Tem uns conceitos científicos meio ultrapassados, mas no geral é bem divertido. Um vizinho aqui do condomínio pegou emprestado e ainda não devolveu, a pequena disse que se tornou o livro favorito dele. Acho que deveriam lançar uma edição revista desses livros.

    ResponderExcluir