22 de outubro de 2012

MLd1M - Cite 3 escritores que você gosta.

Dia 22! E a pergunta é...


Cite 3 escritores que você gosta. Fale sobre eles.


1. Henfil

Eu sou apaixonada pela forma como o Henfil escreveu, desenhou e fez humor. Resenhei uma tirinha amando cada frase que escrevi. Acho que ninguém faz tanta piada divertida e fofinha e que não magoa ninguém. Esses comediantes politicamente incorretos de hoje precisam ler Henfil, precisam estudar Henfil, precisam receber Henfil e psicografar Henfil. Tá dose piada de estupro, piada racista, piada machista. Eu quero piada de bem viver, de rir de si mesmo, de absurdo, non sense, Eu quero piada contra o poder, a favor de quem sofre injustiça todo dia. Eu quero mais Henfil. Volta, Henfil! Enfia humor de verdade na cabeça da galera, Henfil!



Além de tudo, era gato. Nem precisava.

2. Domingos Pellegrini

Londrinense de Londrina, situa praticamente todas as histórias que conta aqui, pelo Paraná. Escreve sobre a minha vida às vezes e eu fico nostálgica, sorrio feliz. Acho que é como um londrino de Londres lendo Alan Moore. E além de ter escrito ótimos livros ele concorda comigo sobre o que os torna bons! Eu não tinha lido a entrevista dele pro Cândido antes de escrever, dia 11, isso:
"A primeira é levar o leitor pela história como se ele não estivesse lendo - como se estivesse lá, ouvindo a história ser contada pelos personagens, ou assistindo a tudo, quietinho, como se fizesse parte da paisagem. O melhor estilo é aquele que não aparece. Não é artístico demais nem ruim demais para atrapalhar tudo."
Que é quase o mesmo que isso:
"Eu sempre quis fazer uma literatura que não parecesse literatura, mas que parecesse com a vida" - Entrevista para o Cândido de setembro
Me conta o que você faz quando um cara escreve bem sobre o lugar onde você vive e ainda por cima pensa parecido contigo, tira as palavras da sua cabeça? Eu coloco no coração e na lista de gente preferida. Nas melhores posições.

3. Zélia Gattai

Acho que li todos os livros da Zélia antes de fazer 18 anos. "Anarquistas graças a Deus" é fofo. A menina Zélia era a Mafalda na vida real. "Crônicas de uma namorada", seu livro de ficção, um romance de formação feminino, é lindo. Os livros de memórias da época em que viveu no exílio com Jorge Amado são importantíssimos. Eu não vou esquecer nunca da batalha que foi ela conseguir, para seu filho, uma porção de maçãs murchas no inverno da antiga Tchecoslováquia. Quando eu assisti "Adeus, Lênin" e falei pro pessoal "nossa, é isso mesmo que a Zélia Gattai conta", povo me olhou com cara de quem lembra que Paulo Coelho é brasileiro. Mas gente, é isso mesmo que a Zélia Gattai conta. E o Henfil. Foi pra China! Não precisamos de estrangeiros nem pra conhecer o mundo!!!

Vamos ler os brasileiros!!!

---
O Meme Literário de Um Mês 2012 é proposto pelo blog Happy Batatinha. Veja lá as regras e as perguntas para o mês inteiro.

Vocês que estão vindo de lá, se quiserem conhecer melhor a quitanda, tenho resenhas de livros para público adulto e infantil.

Aqui, as outras respostas do MLd1M 2012.

E aqui, as minhas respostas do MLd1M 2011.

Um comentário:

  1. Também costumo colocar no coração as boas palavras! Se é de um escritor que gosto, sem querer rabisco o livro - sacrilégio!! Não conheço Domingos Pellegrini. Vou pesquisar!!
    Boa semana!! Beijus,

    ResponderExcluir